BLOG

Business Partner (RH): O que é e Como se tornar uma

por | 31/08/2021 | Business Partner de RH

O Business Partner é o principal elo de ligação do RH com o negócio e sua estratégia.

Esse profissional de Recursos Humanos, quanto atinge o nível sênior, é dotado de um profundo entendimento do negócio e está sempre buscando fazer com que o RH crie um impacto efetivo e significativo sobre os objetivos e resultados do negócio.

Apesar disso, a função do Business Partner de Recursos Humanos está mudando.

Neste artigo, vamos discutir como está ocorrendo essa mudança, quais critérios devemos usar para considerar um Business Partner Estratégico de RH como altamente eficaz.

Tópicos

O que é Business Partner?

Vamos começar pelo básico.

Business Partner é a nomenclatura de uma função ou cargo em inglês cujo significado corresponde, literalmente, a “Parceiro do Negócio” em português.

Naturalmente esta denominação nos remete a pensar sobre alguém que exerce uma função que ajuda, apoia ou suporta o negócio, que é o que faz um parceiro. É alguém que aporta conhecimento para complementar as competências e conhecimentos existentes no negócio objetivando criar um valor ainda maior para a organização.

Desta forma, podemos ter business partners atuando em diversas áreas de apoio ao negócio, tais como Finanças, TI, RH, Jurídico, etc.

Para os propósitos do nosso artigo iremos focar no Business Partner de RH, que é a nossa área de interesse e concentração na Academia InovaRH.

O Business Partner de RH (também denominado pela sigla BPRH) conecta e integra a função de RH com os negócios da empresa para ajudá-la a alcançar seus objetivos operacionais e estratégicos.

A SHRM (Society for Human Resources Management), a maior e mais conhecida associação de profissionais de RH do mundo, descreve o Business Partner de RH da seguinte forma:

“A posição de Business Partner de RH” é responsável por alinhar os objetivos de negócios com a gestão e os colaboradores nas unidades de negócios designadas. A posição atua como um consultor para a gestão em relação a questões relacionadas a recursos humanos. A BPRH bem sucedida atua como uma agente de mudanças e uma campeã dos colaboradores”.

Nós, na InovaRH vemos a Business Partner de RH como uma consultora da linha de frente do RH, incorporada no negócio.

As BPRHs devem viver no negócio, entendê-lo profundamente e trabalhar proativamente com os líderes do negócio nos vários desafios e estratégias da força de trabalho.

Nós preferiríamos até mesmo excluir o termo “partner”, porque ele continua a reforçar a idéia de que a pessoa é somente uma “recebedora de ordens” do RH designada especificamente para o negócio.

A leitura continua abaixo!

Poucas Vagas no Curso Business Partner!
São poucas vagas no nosso curso on-line ao vivo Imersão Business Partner RH! Inscreva-se!

Entendemos que a função de BPRH existe de alguma forma virtualmente em qualquer organização. Em pequenas empresas, gerentes de RH são, em essência, business partners.

Em grandes organizações globais, as Business Partners de RH são lotadas em unidades de negócios, geografias ou funções.

Ao mesmo tempo que se espera que tenham um conhecimento profundo sobre as operações do RH, sua função mais importante é como conselheiras(os), consultores(as) e especialistas de nível sênior para os líderes do negócio.

Sua subordinação é primeira para os seus líderes de negócio e, em segundo lugar, para o RH.

De todos os profissionais de Recursos Humanos, o Business Partner é o principal contato direto com os clientes da área de RH, ou seja, ele é efetivamente a interface do RH com as demais áreas do negócio.

Isto significa que o BPRH atua em contato direto com os gerentes de linha da empresa e com as lideranças dos times de negócios.

Um bom BPRH tem uma grande capacidade de criar valor para a organização e orientar seus processos de tomada de decisão, principalmente no que diz respeito a pessoas.

Especialmente em épocas de mudanças e grande turbulência, um BPRH altamente eficaz pode assegurar um alinhamento estratégico de todas as atividades do RH com as prioridades dos negócios.

Entre todas as pessoas na organização, os gerentes das linhas de negócios são, sem dúvida, as pessoas que possuem o melhor entendimento do funcionamento da empresa.

Através do estabelecimento de parcerias (partnering) com esses gerentes, a área de Recursos Humanos pode estabelecer prioridades e criar valor para o negócio.

Em função de poder ser considerado um papel altamente estratégico, os business partners de RH existem na maioria das empresas de grande porte.

Dependendo do tamanho da organização, um BPRH pode ser responsável, por exemplo, por de duzentos a até milhares de colaboradores.

Via de regra, quanto maior é o escopo das responsabilidades do BPRH mais estratégico é o seu papel.

Dentro de qualquer organização, o BPRH tem uma série de responsabilidades.

O Grupo Gartner identificou 4 papéis diferentes dos BPRHs, que demonstram esta multifuncionalidade.

São eles:

  • Gestor de Operações: mede e acompanha as políticas e procedimentos existentes.
  • Responsável por Emergências: fornece soluções imediatas para emergências graves.
  • Parceiro estratégico: modela e implanta estratégias de âmbito organizacional para desafios de médio e longo prazo.
  • Mediador dos Colaboradores: cria soluções sustentáveis para os desafios individuais dos colaboradores.

Embora o BPRH deva atuar como um parceiro estratégico e as empresas deveriam enxergá-lo como tal, nem sempre essa é a realidade.

Segundo a pesquisa, 57% dos executivos do grupo de direção das empresas vêem o RH essencialmente como uma função administrativa.

Isto ocorre principalmente em função dos BPRHs não terem conseguido se posicionar e construir seu papel estratégico.

Ao invés disso, acabaram ficando presos a atividades operacionais, falhando em analisar e entender o quadro geral da organização. Também deixam de desenvolver uma visão sistêmica que é um requisito básico para se atuar como um profissional estratégico.

Resumindo: além de ser um especialista administrativo e uma referência diante dos colaboradores, o BPRH deveria ser também um agente de mudança e um parceiro estratégico.

Curso Business Partner de RH

Qual é o papel da Business Partner?

As pessoas geralmente confundem o papel e a função do BPRH.

Até agora falamos do BPRH como uma função ou cargo.

Neste sentido, estamos falando da pessoa com o título de Business Partner de RH, que é a ligação estratégica entre o RH e o negócio.

No entanto, o BPRH também pode ser um papel ou uma forma de atuação.

E isso é exatamente a isso que nós, na InovaRH, nos referimos como business partner ou parceiro do negócio.

Nem todos no RH são “business partners” mas todas as pessoas no RH deveriam ser “parceiros de negócio”.

Isto quer dizer que todos(as) os(as) profissionais de RH devem ter um entendimento profundo do negócio e tentar moldar as políticas de Recursos Humanos de forma que elas ajudem a desenvolver o negócio cada vez mais.

Por exemplo, vamos considerar uma especialista em treinamento e desenvolvimento.

Essa pessoa é uma especialista que tem um amplo conhecimento sobre como as pessoas conseguem aprender e como podem mudar seus comportamentos.

Sem dúvida ela não teria êxito nesta posição se não entendesse o negócio em que está inserida.

Quando ela entende o negócio, naturalmente ela consegue fazer melhores escolhas, alinhar melhor as práticas de T&D com o que o negócio precisa e, como consequência, produzirá um impacto muito maior sobre o negócio.

Apesar de neste artigo focarmos no BPRH principalmente como função, aprender sobre as responsabilidades estratégicas e as competências essenciais da BPRH é extremamente útil para todo profissional de Recursos Humanos que queira atuar como parceiro do negócio e que esteja determinado a ajudar a empresa a atingir seus objetivos.

Como desenvolver as competências necessárias para ser bems ucedida como BPRH?
Características fundamentais de um BPRH
Habilidades de um Business Partner de RH
Habilidades de um Business Partner de RH
Curso Business Partner de RH Estratégico

Quais são as responsabilidades da Business Partner preparada para o futuro?

Vou contar uma história sobre 2 tipos de Business Partners diferentes:

O(a) primeiro(a) BPRH chega de manhã na empresa, vai até a mesa dos gerentes com um bloco de anotações e pergunta:

“Você precisa de ajuda? Como posso te ajudar?”

O gerente então começa a reclamar sobre alguns pontos e a Business Partner de RH faz suas anotações e sai da sua sala com uma lista de tarefas.

Essa profissional é o que podemos chamar de Business Partner de RH administrativa (em uma conotação pejorativa poderíamos até mesmo chamá-la de business partner de atuação “burocrática”).

O segundo tipo de BPRH é mais difícil de encontrar.

Antes de conversar com o gerente ela analisa previamente os dados do negócio dele, desde o volume de vendas até as taxas de aproveitamento de treinamento e desenvolvimento.

Ela analisa para entender basicamente onde o gestor precisa de ajuda, ou seja, ela atua sendo pró-ativa e não reativa. Ela busca antecipar as situações e não reagir a posteriori.

Essa mesma Business Partner analisa os principais indicadores de desempenho.

Qual é o desempenho deste gerente?

Essa BPRH então faz a seguinte reflexão:

Como posso ajudar esse gerente a melhorar o resultado do negócio?

Ela prepara suas análises previamente e vai para a reunião municiada com planos de ação orientados por KPIs de negócio.

O modelo a seguir é uma adaptação de um artigo de Lambert (2009), co-fundador do Fórum de Pesquisa Corporativa.

Ele mostra 3 níveis de atuação diferentes dos Business Partners na área de RH.

Níveis de atuação do Business Partner RH

As pessoas com cargo de Business Partner não são as únicas parceiras de negócios do RH.

Dependendo do nível de senioridade se espera que os BPRHs liderem, ou contribuam, ou acompanhem as discussões de negócios.

Para verdadeiramente ter condição de liderar a discussão de negócios, o papel de um BPRH tem necessariamente que se tornar mais estratégico para ajudar a organização a aumentar sua produtividade, rentabilidade e competitividade.

E, pensando no futuro, quais deveriam ser as responsabilidades do(a) BPRH?

Preparando-se para o Futuro do Trabalho e da Gestão de RH

No mundo dos negócios temos aquele velho chavão de que a mudança é uma constante ou a única certeza.

Da mesma forma, a BPRH também não pode parar nunca.

Reciclagem, requalificação, adaptação tecnológica, planejamento estratégico do quadro de pessoal, capacitação da cultura para adequação à força de trabalho digital, foco na experiência do colaborador.

Todas estas são áreas que fazem parte do futuro do RH.

Uma vez que tudo isto seja considerado, o(a) BPRH tem um papel fundamental a desempenhar na preparação da organização para o futuro.

O Business Partner do RH Preparado para o Futuro

Business Partner como Coach e Consultor

Um(a) BPRH precisa entender como os desafios atuais e futuros impactam as pessoas na sua organização.

Um(a) consultor(a) de empresas, por princípio, sempre deve participar de um determinado assunto com mais conhecimento do que seu cliente.

Isto significa que um(a) BPRH deve se manter sempre atualizado(a), se comunicar eficazmente com os principais grupos de interesse e influência na organização e dar conselhos e ser coaching para as pessoas-chave da organização.

Colocando o conhecimento de negócios para funcionar

O conhecimento ou entendimento dos negócios é uma competência básica e fundamental para todos os profissionais de RH, principalmente para os(as) business partners.

Esse conhecimento mais profundo sobre como o negócio funciona corresponde na prática ao entusiasmo e rapidez para entender e lidar com um risco ou com uma oportunidade na condução a um melhor resultado.

O(a) BPRH conecta os desafios do negócio às atividades e resultados de Recursos Humanos e ajuda a organização a enfrentar esses desafios.

Da mesma forma, o(a) BPRH tem consciência e entendimento sobre quais são as fontes das vantagens competitivas da empresa, seu valor de mercado, sua concorrência, seus diferenciais de venda, sua participação de mercado e seu desenvolvimento organizacional.

Além disso, ele(a) deve entender também o mercado, o papel da tecnologia e ter um ótimo entendimento dos grupos de interesse relevantes da organização.

A leitura continua abaixo

Construindo uma organização competitiva

De forma geral, as empresas competem tanto por clientes quanto por colaboradores.

A(o) BPRH ajuda a organização a conseguir sucesso nestas duas frentes.

Seu papel é colaborar para que o negócio consiga desenvolver excelentes estratégias, se capacite e se adapte para o desenvolvimento dos melhores produtos possíveis e esteja sempre apto a recrutar e reter os melhores talentos.

A(o) BPRH precisa entender não somente de pessoas mas também os conceitos mais básicos e fundamentais de Finanças e de operações para construir uma organização competitiva.

Preparando os líderes

Business Partners de RH têm que trabalhar pró-ativamente com os diferentes líderes do negócio nos vários desafios e elaboração de estratégias das equipes de trabalho.

Um(a) BP eficaz deve preparar os líderes do negócio para tomarem suas próprias decisões de pessoal e serem capazes de lidar sozinhos com situações urgentes dos funcionários.

Idealmente, o RH deve ser somente um apoio para as situações emergenciais e não o primeiro socorro.

E isso começa com a capacitação dos líderes.

Usando Dados para Subsidiar e Influenciar Decisões

Os dados são uma forma básica e primordial para entender se você está no caminho certo.

Sem eles, você somente tem as suas próprias opiniões, como qualquer outra pessoa, o que não é suficiente para prevalecer em qualquer argumentação.

Um(a) BP usa os dados de forma estratégica e pode acompanhar os KPIs e usá-los para melhorar o desempenho do negócio.

Isto exige um entendimento sólido do contexto do negócio bem como de questões locais e culturais relevantes da organização.

Por exemplo, quando um negócio decide abrir uma unidade de produção no México, ela irá usar dados diferentes daqueles quando tem um problema de turnover no Brasil.

O foco nas pessoas e em relação a como a transformação cultural pode ajudar a atingir os objetivos organizacionais é uma das principais responsabilidades dos Business Partners de RH preparados para o futuro dos negócios.

Além disso eles sempre procuram melhorar a experiência dos colaboradores, uma vez que ela é fundamental para o sucesso em qualquer empresa.

Como se tornar uma Business Partner de RH? 

Uma Business Partner de RH (BPRH) é um campeão das pessoas em uma organização, um agente de mudanças, um especialista administrativo e um parceiro estratégico de negócios.  

Eles desempenham um papel essencial no alinhamento da estratégia de pessoas da organização com a de negócios. 

Ao mesmo tempo que um BPRH é tipicamente parte da área de Recursos Humanos, ele também trabalha de forma muito próxima com os gerentes de linha e com os líderes seniores do negócio para definir prioridades, conduzir os valores e entregar os resultados de negócio. 

Um BPRH às vezes é responsável por centenas ou até mesmo milhares de colaboradores dependendo do tamanho da organização.

Embora a atuação exata e as responsabilidades da BPRH mudam dependendo do tamanho da empresa, setor e objetivos, muitas responsabilidades são comuns em todos os casos. 

Estas responsabilidades incluem: 

  • Planejamento Estratégico
  • Consultoria e coaching da liderança no que diz respeito a questões estratégicas de RH
  • Construir uma organização competitiva
  • Ser um(a) campeão(a) da cultura corporativa e da experiência do colaborador. 

É importante entender que o caminho de carreira para se tornar uma BPRH geralmente não é linear. 

Algumas profissionais começam a sua carreira como analistas, especialistas ou assistentes.  

Outras iniciam como coordenadoras em funções de apoio tais como treinamento e desenvolvimento, desenvolvimento organizacional, algumas começam em administração de benefícios ou recrutamento e outras começam como consultoras ou RH generalistas. 

A mensagem chave é que os títulos dos cargos são menos importantes do que as competências e habilidades quando a pessoa está buscando crescer na carreira e além da carreira de BPRH. 

Vamos explorar as competências e habilidades essenciais que você precisa para se tornar uma BPRH de sucesso. 

Quais são as competências da Business Partner de RH?

Um(a) business partner de RH precisa ser competente em várias áreas, mas algumas são fundamentais para uma atuação eficaz nesse papel:

Quando as pessoas pensam sobre o RH, a primeira imagem delas é o aspecto administrativo e menos o uso dos dados.

Apesar disso, para o(a) Business Partner RH ocorre exatamente o oposto.

Conheça abaixo como essas competências interagem no papel da(o) BP de RH.

Curso Business Parter de RH Estratégico
CLIQUE NA IMAGEM e conheça o programa completo do Curso Business Partner de RH Estratégico

Orientação por Dados

A(o) BP precisa saber como coletar, criar, analisar e interpretar os dados.

Ao criar critérios para as avaliações de desempenho por exemplo, a(o) BPRH precisa fazer isso levando em consideração dados que tem que estar disponíveis e possam ser usados.

Há muito tempo acabou a época em que o RH atuava somente com base em intuição.

Hoje, uma business partner precisa ter capacidade de ler e interpretar dashboards e relatórios com dados complexos e agir a partir destes dados.

Entendimento de Negócios

Como mencionei anteriormente, o entendimento de negócios não se resume a somente compreender os princípios financeiros, mas sim a entender risco e retorno além dos resultados do negócio.

Se um(a) BP de RH de uma indústria que fabrica impressoras não entender o negócio de impressoras, obviamente não terá sucesso em seu papel.

Em outros palavras ele precisa ter uma visão de negócios no mínimo suficiente, precisa deter aquilo que popularmente se chama de perspicácia em negócios ou “tino comercial”.

Às vezes, uma ótima BPRH pode ter uma experiência de trabalho na gestão de linha e depois ter passado por um treinamento intensivo no RH para que estivesse preparada para assumir o papel de business partner de RH.

Embora a maioria das competências de RH sejam transferíveis de um negócio para outro, um(a) BP de RH precisa ter um entendimento específico do ramo de atividade que a empresa atua para ter um desempenho eficaz.

Integração Digital

Diz respeito à capacidade de alavancar o uso da tecnologia para aumentar a eficiência da operação da empresa e dirigir o negócio a melhores resultados.

A escolha da tecnologia certa melhora a experiência digital dos colaboradores.

Por sua vez, isso aumenta o engajamento dos colaboradores e melhora a comunicação em todos os níveis.

Em contrapartida, a adoção da tecnologia errada pode aumentar a demanda de trabalho, diminuir a produtividade ao invés de aumentá-la e fazer com que os colaboradores fiquem insatisfeitos.

Referência (Campeão) dos Colaboradores

A primeira responsabilidade de qualquer pessoa do RH é apoiar o negócio.

Muitas vezes o RH faz isto sendo uma referência e representando os colaboradores.

Empresas não conseguem sobreviver e ter sucesso sem pessoas competentes, que sejam tratadas de forma justa e recompensadas adequadamente pelo bom trabalho desempenhado.

Uma BP de RH precisa advogar em favor dos funcionários sempre que necessário e saber recuar quando oportuno.

Ao fazer isso ela previne a empresa de processos judiciais, do turnover indesejado e de colaboradores infelizes.

Além destas quatro competências centrais existem outras que ajudam os(as) business partners de RH a serem eficazes em seu trabalho, tais como:

Habilidade na Gestão dos Stakeholders

Para as coisas acontecerem nos negócios você precisa entender um pouco do contexto político.

Você precisa entender o que os outros sabem, seus interesses e o foco dos diferentes líderes do negócio, dos principais grupos de influência (stakehorders) e do próprio RH.

Por exemplo, se houver um consenso em relação aos principais desafios do negócio fica muito mais fácil entender quais ações do RH serão apoiadas pelo negócio.

Excelente Capacidade de Comunicação

Para gerenciar os diversos grupos de interesse em uma empresa de forma eficaz e apoiar o negócio através de iniciativas de alto valor agregado, a BP precisa ter ótimas capacidades de comunicação e de apresentação.

A BPRH é o elo de ligação entre o RH e o negócio.

Por esse motivo é sua responsabilidade captar os principais sinais emitidos na organização.

Ser Eficaz ao Lidar com Resistências

Em linha com as capacidades de gestão e de comunicação dos diferentes grupos de interesse, a BPRH deve ser eficaz também em lidar com resistências.

Uma vez que sejam identificadas as oportunidades para ações do RH, o RH e o próprio negócio deveriam trabalhar conjuntamente de forma muito próxima para implementar essas ações o mais rápido possível.

Quer saber mais sobre as principais competências do profissional do RH moderno?

Clique aqui e saiba mais em nosso artigo “Como Resolver o Déficit de Competências Digitais do RH?”.

Quais são as características de perfil pessoal da Business Partner de RH moderna?

O renomado consultor e influencer de RH, Josh Bersin, publicou um artigo em agosto de 2019 intitulado “8 Skills HR Buiness Partners Need for Success”. Este artigo foi o resultado do consenso de um grupo graduado de executivos de RH de empresas globais especificamente sobre a função de BPRH.

Neste artigo ele apresenta uma lista abrangente de competências individuais identificadas na sessão de trabalho deste grupo:

  • Curiosidade intelectual e empatia
  • Resolução de problemas
  • Assumir riscos e coragem
  • Digital acumen
  • Conhecimento da linguagem de negócios
  • Habilidades de networking
  • Habilidades de gestão de mudanças (change management)
  • Discrição

Curiosidade intelectual e empatia

BPRHs devem ter desejo de aprender sobre todos os aspectos do negócio e entender seus objetivos. Na realidade, uma BPRH deveria enxergar o atingimento destes objetivos como uma métrica crítica de seu desempenho. Adicionalmente, BPRHs devem ter um grande cuidado pela força de trabalho e serem forças proativas por trás da estratégia de pessoal;

Resolução de Problemas

BPRHs devem ser sentir confortáveis trabalhando com os líderes do negócio e gestores para abordar quaisquer desafios ou questões de pessoas. E, ao invés de enxergar os problemas como “deles”, elas deveriam vê-los como “nossos” e serem uma parte ativa da solução.

Assumir riscos e coragem

BPRHs deveriam ficar confortáveis dizendo “não” e oferecendo opiniões ou ações alternativas para os líderes do negócio. Elas também dever estar preparadas para falhar (e ter o colchão de credibilidade que permita falhar).

Digital acumen

Esta foi uma das mais importantes características identificadas pelos participantes do encontro, devido à disponibilidade crescente de dados relacionados a pessoas. Atualmente, as BPRHs devem ter capacidade de analisar e interpretar dados, usá-los para ajudar os líderes de negócio a entenderem melhor as necessidades da força de trabalho e incorporar os resultados no planejamento e estratégia de pessoal.

Conhecimento de Linguagem de Negócios

Para garantir que tenha credibilidade, as BPRHs precisam ser capazes de falar “em business”. Isto se desenvolve se conhecendo os detalhes do negócio em que eles trabalham e entendendo os seus jargões e siglas.

Habilidades de Networking

“Conhecer quem conhece” dentro da unidade de negócio quanto externamente, é extremamente importante, como é a habilidade de desenvolver relacionamentos com aqueles que tem conhecimento e poder de tomada de decisão.

Habilidades de Gestão de Mudanças

BPRHs tem que ter habilidade de facilitar discussões sobre mudança e transformação. Além disso, eles devem ser capazes de identificar antecipadamente onde e quando a gestão de mudanças será necessária e participar proativamente no desenvolvimento do planejamento.

Discrição

Vários participantes que atuaram como BPRHs em suas carreiras enfatizaram a importância disso. Líderes de negócio precisam poder confiar em seus BPRHs em relação a informações sensíveis e confidenciais. Por exemplo, um gerente de vendas precisa ter certeza de que uma conversa sobre potencialmente não atingir as metas de vendas será mantida confidencial.

Quais são as diferenças entre uma Business Partner e a Gerente de RH?

Quais são as principais diferenças entre um Business Partner e um Gerente de RH?

Uma vez que nenhum órgão regulador legisla sobre os cargos do RH, algumas empresas usam estes termos de forma intercambiável.

Vamos analisar as semelhanças entre estes dois cargos em primeiro lugar.

Ambas posições são bastante ativas na empresa e geralmente são de nível sênior no RH.

Business Partners de RH eficazes geralmente tem acima de 10 anos de experiência.

Normalmente isso se aplica também aos Gerentes de RH.

No que diz respeito ao trabalho do dia a dia existem diferenças.

O(a) Gerente de RH tem responsabilidades de gestão.

Ele(a) administra uma área de RH e têm pessoas subordinadas.

Um(a) Gerente de RH também tem responsabilidades que envolvem funções como recrutamento e seleção, administração de salários e benefícios, reporte de RH, etc.

A BPRH geralmente não tem nenhuma responsabilidade em termos de gestão.

Via de regra as Business Partners de RH são colaboradoras individuais, que apoiam diretamente o negócio ou alguma função do negócio.

Elas atuam como conselheiras e/ou consultoras e são orientadas por dados.

Elas não deveriam focar em funções administrativas, mas em funções estratégicas.

Apesar dessas diferenças, frequentemente pode ocorrer uma sobreposição entre essas duas funções.

Por exemplo, empresas menores tem geralmente uma ou duas pessoas no RH que administram todas as funções, do administrativo ao estratégico.

As Business Partners de RH normalmente atuam em um patamar superior, pois trabalham mais próximas da gestão e da liderança do que com pessoas individualmente.

Por exemplo, enquanto uma Gerente de RH orienta um colaborador sobre como se relacionar com seu chefe, uma BPRH orienta um Diretor sobre como interagir com toda sua equipe.

Um colaborador na base da hierarquia nunca entraria em contato com uma Business Partner de RH.

Ao invés disso, ele iria procurar uma especialista funcional para suas questões.

Um outro aspecto é que ele também não tem responsabilidade por projetos em que precisaria de alguma orientação estratégica.

Qual é a formação da Business Partner?

Não existe uma única formação e específica para um business partner. Normalmente são colaboradores educados e com prática em seus setores de formação e atuação. Podem ser psicólogos, administradores, tecnólogos, etc. De qualquer forma os resultados existirão somente se conseguirem ser business partners eficazes, o que exige um grupo importante de condutas e habilidades técnicas, um especial entendimento sobre o negócio e o que de fato está gerando os resultados.

O Business Partner de RH invariavelmente necessita possuir capacidades muito bem aprimoradas, como ser bons executores e planejadores, entender perfeitamente como realizar as mediações de conflitos e comandar com eficiência.

A ótima competência com comunicação deve ser lembrada, principalmente para o business partner de RH pois ele sempre será uma ponte entre os colaboradores e a empresa. Assim, o BP precisa saber como convencer e negociar com todo perfil de profissionais, desde os líderes até os com atividades mais operacionais. Necessita também saber bem como gerenciar estratégias com o objetivo de alinhar uma equipe. É necessário ter a capacidade de influenciar pessoas, criar relações e comunicar-se de forma eficaz, ser orientado a inovar nas maneiras de colaborar.

O business partner precisa controlar também a habilidade de transformar números em insights acionáveis (descobertas que conseguimos colocar em prática). Nem todos entendem o aspecto lógico, quantitativo do seu negócio. Dessa forma, o Business Partner RH necessita transformar os números em descobertas que possam ser compreendidos com alguma facilidade por todos. 

Qual é o salário da Business Partner de RH?

Formação, certificação, habilidades, competências, anos de experiência na função e na indústria.

Todos estes são fatores que contam em relação a quanto uma Business Partner de RH pode ganhar.

De forma resumida, 2 fatores principais influenciam no salário da Business Partner de RH: o nível de senioridade profissional e o porte da empresa.

Para fornecer uma referência sobre as faixas salariais do(a) Business Partner de RH segundo estes 2 critérios, reproduzimos abaixo a pesquisa salarial do ano de 2021 da Consultoria Robert Half, especializada em recrutamento e seleção:

Tabela Salarial 2021 - Business Partner - Robert Half
Fonte da pesquisa: Consultoria Robert Half – Ano 2021

Como você pode notar, o cargo de Business Partner não é um cargo formal de acordo com a legislação trabalhista brasileira. A nomenclatura mais usual para demonstrar a diferença de senioridade são: Gerente, Coordenador / Especialista e Analista Sênior.

O critério usado pela pesquisa para a classificação de acordo com o porte de empresa é o faturamento.

Empresas consideradas de porte pequeno (P) e Médio (M) são empresas com faturamento anual até R$ 500 milhões e empresas de porte grande (G) tem faturamento acima deste patamar, ou seja, empresas que faturam anualmente acima de R$ 500 milhões.

Analisando a tabela podemos ver que a faixa salarial total é bastante ampla, indo desde R$ 5.550/mês (analista sênior em empresas de porte P/M; menor nível de senioridade e empresas menores) até R$ 28.200/mês (Gerente, em empresas de porte M/G; maior nível de senioridade em empresas maiores).

Assim, você tem uma ótima referência sobre o que esperar em termos de remuneração (salário nominal), tanto no caso de entender o seu próprio nível salarial em comparação com o mercado para o seu nível de senioridade/porte da organização em que atua, ou em termos do que esperar do mercado no caso de você estar considerando uma movimentação para alguma outra empresa.

Uma Business Partner de RH de nível sênior requer mais de 10 anos de experiência em funções relevantes de RH e negócios.

Outras Pesquisas Salariais de Business Partner de RH

GLASSDOOR – JUNHO / 22

Segundo a Glassdoor, a faixa salarial para a função de Business Partner, em nível Brasil, no mês de junho / 22, vai de R $4.000,00 (baixa) até R$ 14.000 (alta).

A média salarial se situa no patamar de R$ 7.467 / mês. As estimativas de salários da pesquisa têm como base os 105 salários enviados de forma sigilosa ao Glassdoor por colaboradores com o cargo de Business Partner. Este nível de confiança é considerado alto pelo site.

A Glassdoor informa ainda, no item “outras remunerações”, o valor do salário médio incluindo a parcela de remuneração variável tais como bônus e participação nos resultados.

Neste caso, a média salarial é acrescida significativamente e se situa no patamar de R$ 12.821,00, um aumento acima de 70 por cento!

Isto significa que a(o) profissional Business Partner está efetivamente integrada (o) aos negócios e é avaliada(o) pelos seus resultados, juntamente com os outros integrantes do times de negócios das empresas.

Este item “outras avaliações” se baseia também em relatórios de salários enviados de forma sigilosa ao Glassdoor.

A pesquisa possibilita ainda filtrar os resultados por região, desta forma a(o) profissional tem a possibilidade de entender a realidade salarial da função para a região em que se encontra.

VOCÊ RH – DELOITTE – DEZ/20

Uma outra pesquisa bastante utilizada é a realizada pela revista VOCÊ RH em parceria com a consultoria DELOITTE.

A última atualização desta pesquisa foi realizada no final de 2020 (dezembro), e cobriu 18 cargos do RH com informações de 173 empresas. A pesquisa apresenta as informações de salários divididos nos critérios estatísticos desta amostra de empresas (1º quartil, média, mediana, 3º quartil e máximo) e, para cada cargo, inclui as informações de salário-base (salário nominal utilizado para registro legal ou contratual) e salário total (salário-base acrescido da remuneração variável como bônus e participação nos resultados).

Para a posição de Business Partner de RH, consideramos como cargo equivalente conforme apresentado pela pesquisa o cargo de Consultor Interno. Para este cargo, a pesquisa mostra, para o salário-base uma faixa de variação entre R$5.581,00 (mínimo) a R$13.800,00 (máximo) e, para o salário total uma faixa de variação entre R$5.581,00 (mínimo) e R$14.867,00 (máximo).

Conclusão

O papel e as responsabilidades da(o) Business Partner de RH estão se tornado cada vez mais estratégicos, uma vez que estamos numa era digital em que as mudanças são cada vez mais constantes e rápidas.

Um(a) Business Partner de RH competente pode diminuir o stress na liderança através de pensamento estratégico, planejamento do futuro e ajudando a integrar tecnologia no fluxo de trabalho da melhor forma possível.

Um(a) Business Partner de RH tem que aprender continuamente e se manter sempre atualizada em relação a novos desenvolvimentos, tanto no RH quanto no segmento de negócios da organização.

Fazendo isso, a business partner de RH consegue ajudar sua organização a se tornar muito mais bem sucedida.

Em uma frase:

Como uma BPRH que entende de pessoas e de negócios você tem potencial para produzir um grande impacto na sua organização.

Perguntas e respostas frequentes

O que é um(a) Business Partner?

Um(a) Business Partner de RH é um(a) profissional de Recursos Humanos que integra ativamente a estratégia de negócios com as atividades e processos de gestão de pessoas.

A(o) BPRH é o elo de ligação entre o RH e o negócio, aconselhando e apoiando os gestores em questões estratégicas e os ajudando a implantar práticas de RH integradas e de alto desempenho.

O que faz um(a) Business Partner?

Um(a) BPRH apoia os gestores dos negócios através do alinhamento das atividades de RH com a estratégia da organização.

A(o) BP de RH ajuda a resolver questões de negócio através da área de RH e das pessoas.

As competências cruciais são: entendimento de negócios, integração digital, referência e representação das pessoas, aptidão estratégica, entendimento de RH, competências analíticas de dados e gestão dos diferentes grupos de interesse.

Como posso me tornar um(a) Business Partner Estratégica(o)?

Para uma Business Partner de RH de nível júnior é necessário uma graduação em negócios ou em gestão de recursos humanos, bem como excelente comunicação, capacidade de gestão de grupos de interesse e conhecimento de dados, entre outras habilidades.

Capacite seu time de RH com cursos de excelência e num só lugar!

Autor

Autor do post: Robinson Paz
Compartilhar

Categorias

Mais Recentes

Arquivos

Tags

Veja também

Fale Conosco
Fale Conosco
Quer se tornar um(a) Business Partner e construir uma carreira de sucesso no RH? Inscreva-se em nosso curso "Imersão Business Partner RH", com aulas ao vivo. Consulte a página do curso e inscreva-se!